Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/04/24 às 14h02 - Atualizado em 5/04/24 às 14h02

Secretaria de Saúde promove III Seminário Distrital de Promoção da Saúde

COMPARTILHAR

Com apresentação de experiências bem-sucedidas, evento faz alusão ao Dia Mundial da Saúde, celebrado em 7 de abril

 

*Agência Saúde

 

A Secretaria de Saúde (SES-DF), em parceria com a Escola de Aperfeiçoamento do Sistema Únido de Saúde (EapSUS) e com a Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), promoveu, nesta quinta-feira (4), o III Seminário Distrital de Promoção da Saúde. O evento, realizado nesta quinta-feira (4), fez alusão ao Dia Mundial da Saúde, celebrado no próximo domingo (7).

 

Com o tema “Potencialidades e Desafios para a Promoção da Saúde nos Tempos Atuais”, o seminário visou apresentar experiências bem-sucedidas dos profissionais de saúde atuantes na SES-DF. Todas foram pautadas na promoção da saúde, servindo como exemplo e incentivo a gestores e a trabalhadores de diversos setores envolvidos na área.

 

Representando a secretária de Saúde, a coordenadora de Inovação e Gestão do Conhecimento, Mabelle Varonilia Roque, destacou os desafios enfrentados na apresentação de iniciativas únicas. “Toda vez que falamos de ações que são inovadoras, enfrentamos obstáculos e preconceitos, mas é na persistência que conseguimos colher os frutos. Na promoção à saúde, isso tem que ficar muito claro, pois é uma mudança de hábitos e hábitos demoram a ser mudados, pois exige disciplina, persistência e paciência. Então a minha mensagem é: não desista, persista”, encorajou.

 

Na abertura do evento, a diretora-executiva da Fepecs, Inocência Rocha, apontou que o seminário é uma oportunidade única de ressaltar experiências exitosas no SUS desenvolvidas no Distrito Federal. Para ela, a troca evidencia dificuldades, mas também fortalece a promoção da saúde. “É uma honra estar aqui presente, sabendo de todos os desafios que enfrentamos, mas reconhecendo, ao mesmo tempo, todas as nossas potencialidades”, acrescentou.

 

Iniciativas que deram certo

 

Gestores, profissionais e estudantes da saúde discutiram sobre a oferta e o acesso aos serviços que promovem a qualidade de vida da população em todas as fases do ciclo de vida. Nos dois turnos, foi reservado espaço para partilhar boas experiências entre as diferentes Regiões de Saúde no âmbito da atuação da SES-DF.

 

Ao todo, sete ações foram apresentadas no palco do seminário. Uma deslas foi a Rede de Hortos Agroflorestais Medicinais Biodinâmicos (RHAMB), vista como um exemplo de sustentabilidade na produção e de conservação de espécies medicinais nativas. “São ambientes seguros, saudáveis, sustentáveis e solidários para que a população possa ocupar as unidades de saúde com atividades que realmente impulsionam o bem-estar”, explica o apresentador do projeto, Marcos Trajano, médico de família e comunidade e Referência Técnica Distrital (RTD) de Fitoterapia.

 

Outra iniciativa a ganhar destaque foi o Programa Academia da Saúde do Centro de Referência em Práticas Integrativas em Saúde (Cerpis) de Planaltina. Ele se destaca como um equipamento da atenção básica com potencial de fortalecer e qualificar as ações de promoção da saúde.

Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde - Governo do Distrito Federal

FEPECS

SMHN 03 - conjunto A - bloco 1 - Edifício FEPECS
CEP: 70701-907