Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/07/23 às 12h59 - Atualizado em 5/07/23 às 13h29

Reunião entre Escs e SES destaca a importância do médico de saúde da família nos cenários de ensino

COMPARTILHAR

O encontro tratou da revisão do projeto pedagógico para o curso de medicina

 

Natalia Oliveira, da Fepecs

 

A coordenação do curso de medicina da Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs) formou um grupo de trabalho para tratar da revisão do projeto pedagógico, cujo objetivo é debater possíveis mudanças e atualizações na abordagem do curso. O primeiro tópico de estudo com perspectivas de alteração é o eixo “Interação Ensino-Serviço-Comunidade”, que é abordado da 1ª a 3ª série, quando os alunos são inseridos nos cenários das unidades básicas de saúde (UBS) para uma programação específica a depender da série cursada.

 

Para discutir o assunto e destacar a importância da utilização dos cenários de ensino, representantes da Atenção Primária da Secretaria de Saúde (SES), foram convidados a participar da reunião nessa segunda-feira (3) e, durante o encontro, se colocaram à disposição para ampliar o debate e encontrar formas de colaborar com a Escola, a fim de otimizar os espaços disponibilizados pelo órgão.

 

Ao longo da conversa, docentes da Escs explicaram a dinâmica do curso e a contribuição dos alunos à comunidade a partir da prática vivenciada nas UBSs, onde realizam atividades e projetos de extensão, como a participação em reuniões educativas, campanhas de vacinação e tabagismo, prevenção da obesidade infantil e demais temas que indiquem a necessidade daquela unidade específica.

 

A gerente de Educação Médica da Escs, Eliziane Brandão Leite conta que “essa foi uma reunião inédita e uma grande oportunidade de apresentar os produtos desenvolvidos pela Escola, além de demonstrar quais são as UBSs que estão sendo cenários de ensino, nossas necessidades e dificuldades”.

 

Um dos assuntos abordados entre os gestores foi a importância da participação do médico de saúde da família junto aos estudantes nos cenários de prática. A ampliação da atuação desses profissionais na formação de futuros médicos ainda será tema de outras discussões, tendo em vista que muitos alunos escolhem essa especialidade ao fim do curso.

O grupo de trabalho continuará a se reunir periodicamente e, de acordo com Eliziane, “outros convidados serão chamados para o debate”. Além de tratar da revisão do projeto pedagógico, a equipe também está elaborando o edital de preceptoria, que é lançado anualmente e deve ser publicado em breve.

 

Os estudantes atuam nas unidades básicas de saúde com supervisão e acompanhamento dos docentes, mas há necessidade de contratação de preceptores para que esses alunos sejam recebidos na rotina habitual de trabalho e possam tirar o maior proveito possível do ensino-aprendizagem.

 

A gerente destaca que “no edital são especificadas as necessidades para a preceptoria, por isso a reunião é tão importante, é um momento de explicar a nossa demanda e apresentar a nossa Escola”.

 

A Escs faz parte da estrutura da Fundação de Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), que é vinculada à Secretaria de Saúde.

Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde - Governo do Distrito Federal

FEPECS

SMHN 03 - conjunto A - bloco 1 - Edifício FEPECS
CEP: 70701-907