Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/11/23 às 15h13 - Atualizado em 17/11/23 às 15h13

Fepecs é premiada no 8º Concurso de Melhores Práticas em Ouvidoria Pública

COMPARTILHAR

A Campanha “elogiarfazbem” foi uma das premiadas dentre as iniciativas de melhores práticas de Ouvidoria do DF

 

Natalia Oliveira, da Fepecs

 

A Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs) foi uma das instituições premiadas, nesta sexta-feira (17), na categoria comunicação interna e externa em melhores práticas de Ouvidoria, após instituir, em agosto deste ano, uma Campanha para incentivar a cultura do elogio organizacional com a #elogiarfazbem. A premiação, realizada pela Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF), foi feita durante a “Jornada SIGO-DF: Resultados 2023”, evento que apresenta os números da rede de ouvidoria do GDF, e que teve a 8ª edição do Concurso de Melhores Práticas em Ouvidoria Pública.

 

O slogan “Elogiar Faz Bem” foi criado pela Assessoria de Comunicação (Ascom) da Fepecs, com o intuito de estimular uma mudança na cultura organizacional, tendo em vista que os números de reclamações na Ouvidoria eram muito maiores que os elogios. A Campanha teve início no dia 7 de agosto, e, de lá para cá, houve o registro formal de 55 elogios, o que representa um aumento de aproximadamente 2.000% em relação ao mesmo período do ano anterior. Em todo ano de 2022, foram registrados apenas nove elogios aos serviços prestados pela Fepecs ou aos servidores lotados na instituição.

 

Além de aumentar os números institucionais, a Campanha tem como objetivo maior o reconhecimento do trabalho feito pela Fundação, que foi criada em 2001 e é mantenedora de três escolas que ofertam cursos técnicos, de graduação, pós-graduação e aperfeiçoamento para profissionais de saúde, de maneira gratuita. A Escola Técnica de Saúde de Brasília (Etesb), com 63 anos de existência; a Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs), com 22 anos; e a Escola de Aperfeiçoamento do SUS (Eapsus), com dez anos, fazem parte da estrutura da Fepecs e prestam um serviço de excelência à população do Distrito Federal.

 

Outro aspecto abordado pela campanha é o reconhecimento do trabalho feito pelo próprio servidor. Como a Fepecs ainda não possui um quadro próprio de pessoal, todos que estão lotados na Fundação são servidores que acreditam no trabalho realizado e na missão institucional, ou seja, pessoas comprometidas com a razão de ser e com a visão de futuro que a Fepecs almeja- o que por si só já representa um ato elogioso.

 

A chefe da Ouvidoria da Fepecs, Adriana de Matos Souza conta que o prêmio “foi uma grande surpresa”. Apesar de acreditar na Campanha e em seu propósito, ela não achou que ganharia, mas estava “ansiosa pelo resultado”. Segundo ela, “a importância desse prêmio se deve principalmente para que as pessoas deixem de ver a Ouvidoria apenas como um canal para reclamar, e passem a utilizá-lo também para reconhecer e elogiar”.

 

A identidade visual da Campanha foi desenvolvida pela Coordenação de Tecnologia (CTI), que aliou as cores do Governo à leveza da mensagem sobre elogiar. A pergunta “Você já elogiou alguém hoje?” é uma provocação para que todos parem e pensem no que estão vendo ao seu redor, como enxergam as pessoas que convivem e trabalham com você.

 

Muito feliz com a premiação, Adriana afirma que esse reconhecimento é “uma motivação para continuar trabalhando, entregando o melhor e fortalecendo a instituição”. Desde agosto, a cultura institucional vem sendo modificada; as pessoas têm entendido que reconhecer o trabalho do colega não invalida ou anula seu próprio trabalho, pelo contrário, todos saem ganhando, com bons resultados e números positivos.

 

A Campanha é o próprio exemplo de trabalho em equipe, pois três setores da Fundação (Ouvidoria, Ascom e CTI) se uniram para mudar a cultura local e instituir uma mensagem de valorização. É também para estimular que o servidor seja visto além de seu cargo, e, principalmente, para reforçar a ideia de que seu trabalho faz a diferença. Um exemplo disso é o recebimento de elogios direcionados à equipe de conservação e limpeza da Fepecs. Ao serem chamados pela Ouvidoria para comunicação do elogio, os colaboradores relataram grande satisfação ao terem seu trabalho reconhecido, visto que muitos deles se sentiam invisíveis.

 

“A Ouvidoria não trabalha só, ela precisa estar alinhada aos outros setores. A minha felicidade maior é de ter conseguido essa integração com a Ascom e a CTI pra gente se fortalecer e se sentir ainda mais parte da instituição”, finaliza Adriana.

Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde - Governo do Distrito Federal

FEPECS

SMHN 03 - conjunto A - bloco 1 - Edifício FEPECS
CEP: 70701-907