Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/05/24 às 9h00 - Atualizado em 6/05/24 às 16h40

Divulgado processo seletivo para especialização em gerontologia

COMPARTILHAR

Candidatos selecionados vão participar da terceira edição do curso, que é no modelo Ensino a Distância e dividido em sete módulos

 

Natalia Oliveira, da Fepecs

 

Financiada pela Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), a especialização em gerontologia conta com 32 vagas destinadas a profissionais de saúde e educação, ou que atuem em áreas relacionadas à assistência e gestão de cuidados à pessoa idosa. O curso terá duração de 12 meses, sob a coordenação pedagógica da Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs), que organiza a divisão das 360 horas de carga horária em sete módulos de atividades síncronas e assíncronas, no modelo Ensino a Distância (EaD).

 

Divulgado pela terceira vez, o processo seletivo é muito aguardado, tendo em vista a multidisciplinaridade do curso, que trata de temas como criação de políticas públicas para população idosa, além de melhorias na assistência e aprimoramento dos serviços de saúde disponibilizados ao público-alvo. “As turmas anteriores foram um grande sucesso”, garante o chefe do Núcleo de Especialização da Escs, Demétrio Gonçalves Gomes. Segundo ele, “normalmente, os candidatos são pessoas que já possuem alguma vivência com a pessoa idosa, mas a procura não se restringe aos profissionais de saúde, pois outras áreas também têm interesse no tema, como advogados, educadores físicos e assistentes sociais”.

 

Diferente das turmas anteriores, essa edição conta com sete módulos, sendo o último, dedicado exclusivamente à orientação do trabalho de conclusão de curso (TCC). “Essa alteração foi realizada após ouvir a demanda de alguns egressos e percebermos que era necessário ter um módulo apenas para metodologia científica, relacionada com o TCC”, conta Demétrio. Já no que diz respeito aos conteúdos, unidades educacionais e critérios de avaliação, ele assegura que “permanecem como nas demais turmas”.

 

Com aulas virtuais apenas às terças-feiras, de 19h às 22h, o estudante deverá dedicar as demais horas da semana às atividades propostas pelos instrutores, como leitura de artigos, preparação de seminários e estudo para testes de avaliação. Para aprovação e obtenção do certificado, o cursista precisa ter freqüência comprovada de, no mínimo, 75% em cada módulo, conceito satisfatório na avaliação formativa e nota igual ou superior a 7 no geral.

 

Vagas, inscrição e seleção

 

Para concorrer às vagas, é necessário observar que, 25 delas são para profissionais de saúde, educação e afins, que atuem em instituições públicas relacionadas à assistência e cuidados à pessoa idosa, e 7 para a comunidade em geral. As inscrições iniciam no dia 20/5 e serão realizadas apenas pelo site da Fepecs, a partir de critérios estabelecidos no edital, como envio de cópia de documento de identidade; cópia do diploma de graduação; comprovante de lotação funcional (no caso de servidor público) e cópia de carteira de trabalho.

 

Em caso de candidato autônomo, deverá ser enviada autodeclaração contendo dados pessoais, profissão, área de atuação, tempo de experiência profissional e tempo mínimo de seis meses de atuação na assistência ou gestão de cuidados à pessoa idosa. “Temos dados de que, em 2050, a população mundial de idosos estará no auge, portanto, a especialização para profissionais que atuam nessa área será fundamental”, afirma Demétrio.

 

Para aumentar a chance de ser selecionado, o candidato deve se debruçar sobre o memorial descritivo, que, além da análise documental, soma pontos para a classificação final. No documento, o aspirante à vaga deve escrever de maneira clara e objetiva seu envolvimento e interesse pela saúde e cuidados da pessoa idosa; contextualizar a área de atuação e a sua trajetória profissional; descrever a relevância do curso para seu processo de trabalho e para instituição onde atua, e informar qual o campo de interesse de estudo para o TCC.

 

Além disso, após ser selecionado, o candidato dever ter certeza sobre sua escolha, pois, apesar de o curso ser custeado pela Fepecs, em caso de desistência, reprovação ou cancelamento de matrícula, o aluno deverá ressarcir ao erário o valor correspondente ao curso, estipulado em R$ 10 mil.

 

Cronograma

 

Inscrição: 20 a 23 de maio

 

Resultado final e convocação para matrícula: 05 de junho

 

Aula magna inaugural: 11 de junho

Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde - Governo do Distrito Federal

FEPECS

SMHN 03 - conjunto A - bloco 1 - Edifício FEPECS
CEP: 70701-907