Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/09/23 às 10h26 - Atualizado em 19/09/23 às 12h01

Biblioteca da Fepecs conta com acervo de 20 mil exemplares especializados em ciências da saúde

COMPARTILHAR

O local possui 800m² e recebe cerca de 300 pessoas diariamente

 

Natalia oliveira, da Fepecs

 

Espaço amplo, aconchegante e convidativo ao estudo. Essa é a descrição da Biblioteca Central (BCE) da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), que conta com acervo de 6.500 títulos e 20.082 exemplares, distribuídos em 800m² e dois pavimentos.

 

Fundada em 2005, a BCE faz parte da Rede de Bibliotecas (Rebis), composta por dez delas, divididas entre hospitais e outras unidades da estrutura da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF). Especializado em ciências da saúde, o acervo da biblioteca é atualizado a partir de sugestões dos professores, do centro acadêmico ou dos próprios alunos.

 

“A maioria dos livros mais atualizados estão vindo apenas de forma eletrônica. O ideal hoje para a composição de uma biblioteca é ter livros impressos e livros eletrônicos”. A alegação é do coordenador da BCE, Maurício Marques, que, junto com outros cinco servidores lotados lá, organizam o espaço de maneira a facilitar a busca por títulos e artigos de periódicos científicos.

 

Para atender melhor às necessidades de seu público-alvo, que é de estudantes e docentes das escolas mantidas pela Fepecs, além de servidores da SES e da Fundação Hemocentro de Brasília (FHB), o local passou por diversas adequações ao longo dos anos, o que possibilita hoje, ser visto como um espaço de tranquilidade e sossego para estudos, pesquisas e preparação de aulas.

 

Internet rápida; espaços individuais; salas coletivas; além de 16 computadores, estão entre os atrativos da biblioteca, que chega a receber 300 pessoas diariamente. Neste mês, a média foi um pouco maior e os registros calculam que 350 pessoas estiveram por lá a cada dia. “Durante os períodos de prova esses números aumentam ainda mais”, conta Maurício.

 

Uma das maiores preocupações da atual gestão é com a qualidade do acervo adquirido e disponibilizado. Segundo Maurício, o investimento em livros impressos, apesar de o mundo estar inserido na era digital, “visa oferecer mais qualidade e não só quantidade. Somos cirúrgicos ao adquirir esses livros para o nosso público”.

 

Produtos e serviços

 

A biblioteca possui outros serviços, além da consulta e empréstimo de livros. No site da BCE é possível requisitar treinamentos, apoio à elaboração de trabalhos e também auxílio em pesquisas. Essas atividades são realizadas pelos servidores da biblioteca, que se dividem entre o cuidado com o espaço físico e a ajuda online.

 

Outra atribuição da biblioteca é manter a assinatura de base de dados atualizada, de forma que a consulta a periódicos e artigos científicos não seja prejudicada. “Tudo tem de ser pensado para manter a excelência do serviço”, destaca Maurício.

 

O horário de funcionamento da BCE é de 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, ininterruptamente, ou seja, não há pausa para almoço. Isso porque a maioria dos estudantes de medicina da Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs) passa o dia nas dependências da Fepecs e aproveita o tempo livre entre uma aula e outra para estudar na biblioteca.

 

Novo projeto arquitetônico

 

Um novo projeto arquitetônico está em vias de ser aprovado e colocado em prática até 2025. O plano é para que o local seja aperfeiçoado com a criação de novas salas de estudo; melhorias na iluminação; criação de novos pontos de energia com entrada USB; mudança no layout do balcão de atendimento; e implantação de ventilação natural, para funcionar simultaneamente com o sistema de ar-condicionado.

 

Hoje, a biblioteca concentra as mesas de estudo em grupo no andar térreo. Já as mesas individuais e salas de estudo coletivas, são na parte superior. Todo o local é climatizado e também há vista para a parte externa, que dá para o verde dos jardins.

 

A previsão é de que, após aprovado, o novo projeto arquitetônico seja concluído no período de seis meses. Depois disso, haverá licitação para início das obras, que vão refinar o espaço.

 

Repositório institucional

 

A BCE é responsável pela memória institucional da Fepecs, que é preservada por meio do repositório. O coordenador da biblioteca explica que essa “é uma ferramenta utilizada para tratar, organizar e disseminar toda produção científica gerada pela nossa comunidade acadêmica”. Isso inclui trabalhos de conclusão de cursos (TCC), trabalhos apresentados em congressos, dissertações e ebooks.

 

A biblioteca também possui o serviço de acesso ao Portal de Periódicos CAPES, que oferece uma “infinidade de periódicos científicos e outros tipos de materiais para ajudar nas pesquisas científicas”, ressalta Maurício.

 

Além de todas as atividades realizadas, a biblioteca também trabalha para garantir uma assinatura de base de dados especializada e que não conste no Portal da Capes, em complementação aos subsídios informacionais que os usuários necessitam. “Trabalhamos para ter sempre um acervo qualitativo. O que temos hoje aqui, não perde para nenhuma instituição nacional ou internacional, estamos caminhando para ser uma referência na área de saúde como biblioteca”, finaliza o coordenador.

 

Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde - Governo do Distrito Federal

FEPECS

SMHN 03 - conjunto A - bloco 1 - Edifício FEPECS
CEP: 70701-907