Danylo Vilaça, residente da Escs/Fepecs/Ses Grupo da Residência Médica e Profissional facilita o acesso a informações científicas importantes sobre o Covid-19 de modo rápido

Com o objetivo de difundir informações científicas em tempo oportuno sobre o COVID-19 para os Profissionais de Saúde Residentes, área profissional e médica, foi criado o grupo condutor da iniciativa FEPECS CONTRA CORONAVÍRUS. A proposta de um canal de fácil acesso para a comunidade acadêmica da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs) para orientação na atuação qualificada nos cenários de prática e serviços da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (Ses-DF) foi idealizada pela diretoria executiva da Fepecs, juntamente, com a Gerência de Residência, Especialização e Extensão, da Escola Superior de Ciências da Saúde (Greex/Escs).

De acordo com  Danylo Vilaça, residente do Programa de Residência Multiprofissional em Gestão de Políticas Públicas para a Saúde e que responde pela Comissão Científica e de Conteúdos Audiovisuais do grupo FEPECS CONTRA CORONAVÍRUS, outro objetivo importante do grupo é divulgar as intervenções e ações positivas realizadas pelos profissionais de Saúde residentes, bem como pelos Programas de Residências em Área Profissional e Médica da ESCS/Fepecs nos cenários de saúde do DF.

“O material divulgado, portanto, são vídeos, textos e imagens que sintetizam evidências científicas de modo que seja fácil assimilar o conteúdo, sempre indicando a fonte da informação repassada. O grupo identifica as evidências científicas sobre COVID-19, filtramos aquilo que vai ser divulgado, usando linguagem de comunicação científica, para que seja difundida de modo rápido”, disse Vilaça.

Para o grupo FEPECS CONTRA CORONAVÍRUS, a escolha de facilitar essa comunicação científica é devida a avaliação de que nem todos os profissionais da saúde que estão em campo tem o tempo necessário de ler as evidências científicas na íntegra. “Um grupo com conhecimento científico e confiável que pudesse sintetizar as principais informações e resultados seria uma saída para superar essa limitação. Pretende-se com esses materiais de fácil acesso disponibilizar conhecimento em tempo oportuno”, completou Vilaça.

Pesquisa - O grupo subdivide-se em quatro comissões: Comissão Científica, responsável por buscar os artigos e conteúdos de interesse para a divulgação científica; Comissão de Monitoramento Epidemiológico, que responsabiliza-se por acompanhar a evolução de casos suspeitos e confirmados de COVID-19 no DF. Ademais, tem a Comissão de Conteúdos Audiovisuais, responsável por disponibilizar vídeos que colaborem para melhor compreensão da síndrome respiratória que é o COVID-19, tanto em histórico, quanto em terapêutica e meios de prevenção, e a Comissão de Difusão Científica, que tem por objetivo adequar os conteúdos sintetizados pela Comissão Científica e postá-los nas redes sociais da iniciativa. 

Canais de comunicação - O site Fepecs contra Coronavírus, disponível em: <https://fepecscontracorona.com.br/>, e o perfil na rede social instagram @fepecscovid19 são os instrumentos utilizados pelo grupo à frente do Fepecs contra Coronavírus, composto por 11 profissionais. A equipe multidisciplinar é formada por três bacharéis em Saúde Coletiva - sanitaristas, uma enfermeira, cinco médicos e um assistente social. Todos vinculam-se, de algum modo, aos Programas de Residência Multiprofissional em Gestão de Políticas Públicas para a Saúde e Programa de Residência em Medicina Preventiva e Social da Escs/Fepecs.

 Para mais informações, acesse https://fepecscontracorona.com.br/ e o perfil na rede social instagram @fepecscovid19.