previous arrow
next arrow
Slider
20 Feb 2020 15:01 - Super User

Biblioteca da Fepecs recebe 108 doações de livros da área da saúde

As obras ficam expostas até depois [ ... ]

Saiba mais...
20 Feb 2020 14:52 - Super User

Residentes promovem a III Jornada Acadêmica de Saúde Mental Interdisciplinar da Escs/Fepecs

Mais de [ ... ]

Saiba mais...
18 Feb 2020 19:07 - Super User

Eapsus e Gerpis promovem o 1º Encontro de Educação em Atoss do semestre

60 servidores participaram [ ... ]

Saiba mais...

O encontro com os 70 futuros técnicos de saúde foi realizado no auditório da Fepecs

 

A Escola Técnica de Saúde de Brasília (ETESB), da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, realizou, nesta sexta-feira (10/06), com os 70 estudantes dos cursos Técnico em Saúde Bucal (TSB) e Técnico em Análises Clínicas (TAC) um encontro para a autoavaliação do seminário do Map-Sus, no auditório da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (FEPECS). O encontro teve como objetivo avaliar os trabalhos apresentados por cada grupo de estudantes, no Seminário Map-Sus, realizado na quarta e quinta-feira desta semana. 

 

O Map-Sus é uma das dinâmicas que constituem o método criativo sensível que é apoiado na pedagogia crítica-reflexiva de Paulo Freire. No contexto da ETESB, os estudantes deverão mapear a comunidade na qual residem com o intuito de identificar áreas mais necessitadas de intervenção e compreendendo, assim, a importância dos determinantes sociais do processo saúde-doença.

 

Avaliação

Para a coordenadora pedagógica da ETESB, Tereza Cristina Leite, a Escola tem o objetivo, por meio do Seminário, de oferecer aos estudantes uma visão global da realidade vivenciadas nas cidades de cada um e aprofundar esse conhecimento, aliando, futuramente, esse aprendizado à prática profissional de cada curso. “O Map-Sus é uma experiência inovadora. Utilizando essa ferramenta, os estudantes conseguem diagnosticar as diferentes realidades nas nove cidades pesquisadas por eles. Essa imersão nos diferentes aspectos vividos nas cidades, como na saúde, na cultura, na administração, na segurança, na educação, entre outros aspectos, contribuem para que a prática esteja aliada ao conhecimento da realidade”, disse a coordenadora pedagógica.

 

Estudantes

A estudante do curso Técnico em Saúde Bucal (TSB), Mércia Ribeiro, 42 anos, destaca a expectativa que teve sobre o Seminário. “A princípio posso dizer que tinha medo de não conseguir fazer algo bom, aceitável, principalmente se comparado com o trabalho que nos foi mostrado na proposta do inicial do Map-Sus. Mas com as visitas a campo, entrevistas e pesquisas na cidade do Paranoá, eu pude perceber que tudo que nós havíamos aprendido na teoria em sala de aula ficou visível na prática”, disse Mércia.

 

Para a estudante do curso técnico TAC Thauane de Carvalho, 18 anos, o resultado do seminário foi bastante positivo para o aprendizado e para a prática da profissão. “Conseguimos por meio dessa ferramenta analisar melhor os aspectos que precisam ser melhorados na cidade de Samambaia. Sou moradora de lá e nunca pensei que tivesse sofrendo tanto com problemas na saúde, educação, segurança entre outros” apontou Thauane.

 

Foto: Estudante do curso técnico TAC, Thauane de Carvalho, 18 anos.

 

 

EAPSUS

EAPSUS

EAPSUS

Escola de Aperfeiçoamento do Sistema Único de Saúde.
ESCS

ESCS

ESCS

Escola Superior de Ciências da Saúde.
ETESB

ETESB

ETESB

Escola Técnica de Saúde de Brasília.